Notícias Sapatilha

Informativo Semanal da Dança Espírita


30 de Junho de 2017 – nº 24

giphy

separador (1)

PARA PENSAR…

COREOGRAFAR: ESCREVER COM O MOVIMENTO

Acredito que uma boa coreografia começa pela escolha de uma boa música. Não pode ser qualquer música! Tem que ser uma música que toque fundo na alma, que sensibilize, que faça a plateia ir e vir com o bailarino, adentrar o palco e dançar com ele. Dela nascem as inspirações de movimentos, o clímax que arrebata, a lágrima que rola.il_340x270.617070010_i975

Bailarinos no palco, surgem as improvisações. Entra em cena então o coreógrafo. Bom observador, deve adentrar a alma de seus intérpretes, conhecer e trabalhar com o que têm de melhor. Eis que de repente, do lúdico, dos movimentos incertos, vê nascer o desenho coreográfico, casamento perfeito entre o corpo do bailarino e a música que o embala. Então a coreografia vai surgindo do próprio intérprete e ao coreógrafo, como o pintor, cabe selecionar os matizes das cores que mais lhe agradam.

No espaço desenham-se movimentos, que primeiro sensibilizam o coreógrafo e os intérpretes. A mensagem, o enredo da obra, tocam primeiramente suas almas. Nela se envolvem e se deleitam. Pesquisam, estudam e trazem para o corpo o que as palavras não conseguiram traduzir, o que os pensamentos não conseguiram divisar. Eis que surge a dança, expandindo-se em vibrações além do corpo, transcendendo o ser, afirmando nossa filiação divina.

No palco as luzes se apagam, eis que chega o momento da apresentação. Coração bate acelerado e se ouvem os primeiros acordes da canção. Então o bailarino transcende a técnica, a música, o movimento e põe a alma a bailar. Jogo de luzes, mil formas, cetim a esvoaçar.

A obra se completa ante os olhos da platéia, que emociona e se emociona num discurso sem palavras tecido em vibrações.

O movimento se esvai, mas há um sentimento que fica. Palpável, concreto. Talhado durante o espetáculo no mármore de nossas almas. É o sentimento que animou a criação, que se estendeu aos corpos dos bailarinos e lhes atingiu a alma. É o que os motivou a estar no palco e que envolveu a plateia.

Como é bom escrever com o movimento! Subitamente aparece e rapidamente desvanece. Inspirado em Jesus, deixa um rastro de luz, impresso por onde passa.

Daniela L. P. Soares – Atualmente coordenadora do Trans-Forma Cia Espírita de Dança/Coordenadora IV Mostra Nacional de Dança Espírita – 2018

separador (1)

PARA REFLETIR

b3caa6b1-c720-41e2-84bf-1395c8547982

separador (1)

VAI ACONTECER

São Paulo – Capital

35b88ac0-a224-4b99-b20c-083298aa8745

No dia 02 de Julho, o Centro Espirita Bezerra de Menezes, localizado no bairro da Penha, SP, realizará o tradicional “Arte e Doce”, um evento onde os grupos espíritas de arte se apresentam, divulgando seus trabalhos principalmente com os jovens. Há a venda de doces, por isso o nome Arte e Doce e atrações diversificadas, como dança, teatro, poema, música  para arrecadar fundos. O evento  propicia a participação de outros grupos  abrindo espaço para a integração entre as Mocidades. A entrada custa R$ 6,00 e dá direito a um pedaço de bolo.

FECEF já está com inscrições abertas

fecef_2017O Instituto Arte e Vida, de Franca, promove entre os dias 7 e 10 de setembro, o 16º Festival da Canção e Encontro da Arte Espírita em Franca (FECEF), que neste ano tem várias novidades. Serão quatro dias em que, além do festival musical, ocorrerá também festival de dança, exposições de artes plásticas, festival de teatro e shows com Moacyr Camargo e banda, GAN (Grupo Arte Nascente), Banda Alma Sonora, Banda Lucidez, Banda Simplesmente Almas, Razão Áurea, Grupo Musical Cantarás e Grupo Toque de Luz, e Merlânio, além de vários outros grupos que estão se preparando para estar em Franca. O evento também terá palestras, mesas redondas, estudos e oficinas sobre o tema do encontro Evolução do Espírito, Revolução do artista). As inscrições já podem ser feitas até 5 de agosto pelo site www.fecef.com.br. Os preços do 1º lote de inscrições vão até 15 de julho. Há preços especiais para caravanas. Mais informações estão disponíveis no site do 16º FECEF ou pelo e-mailfecef@fecef.com.br.

(Comissão Organizadora do FECEF – Franca)

separador (1)

RECORDAR É VIVER

Grupo Espírita de Dança “Almas de Meimei” – Vila Velha/ES – apresentação no EMEES – Encontro de Mocidades Espíritas do Espírito Santo

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s