A Dança e a Composição Coreográfica

O ato de dançar é diferente do ato de criar e compor uma dança. Para dançar, temos que estar em consonância com os ritmos de uma música, com os sentimentos da celebração, com o fluir das sensações, com o impulso de expressar ou de repetir código de danças já existentes para estar em harmonia, relacionando-se com o outro ou com o coletivo.

            Para dançar ou mesmo dançar-criando, é preciso conectar-se às sensações, percepções e sentimentos corporais deixando-os fluir por meio de movimentos expressivos.

            O ato de dançar traz à tona sentimentos primais que ganham forma no corpo, manifestando nossas impressões de mundo, escrevendo-as em movimento dançado no tempo e no espaço. Dançar é a expressão do sensível que, ao se lançar no espaço externo configura-se em forma, criando símbolos e significados. É nesse momento que a dança sai do patamar das celebrações, dos impulsos rítmicos, da expressão individual, das relações sociais, organizando-se enquanto linguagem estética.

            Quando a dança se elabora e se estrutura no tempo e no espaço, ela se transforma no que conhecemos como arte do movimento, composição coreográfica, obra de arte.

            Para se compor em dança é preciso muito mais que o ato de dançar. É necessária a vivência do  fascinante processo criativo para, a partir dele, dar forma à composição cênica que em dança chama-se coreografia, expressão que tem origem no grego e quer dizer: a grafia de danças corais, danças de grupo. Com o tempo, o termo foi sendo usado para nomear quaisquer grafias ou escritas do movimento e não somente as que se referem a danças coletivas.

            Podemos chamar a coreografia de composição coreográfica. Na dança, quem escreve é o corpo com suas percepções, sensações e sentimentos transformados em qualidades expressivas no espaço e no tempo, seus parceiros inseparáveis.

            O corpo escreve quando se expressa, mas é inscrito pelos sentimentos e emoções, pelas imagens apreendidas e toda uma gama de conhecimentos vivenciados e registrados em carne, como uma espécie de impressão.  Mas se é o corpo que escreve, interpretando e reinventando o que nele está inscrito, por que o simples ato de dançar não é considerado uma coreografia?

            Em sua essência, seria uma coreografia de natureza primária, elementar, pois os corpos expressam estados corporais, escrevendo frases de movimentos, quando começam a dançar ou mesmo em movimentos cotidianos.  Por isso, todas as frases que os corpos executam podem vir a se transformar em dança e depois em coreografia.

            Podemos compor coreografias a partir das escritas originais de nosso corpo ( como no caso dos intérpretes-criadores solistas) ou expandindo a criação para o coletivo, compondo, a partir do selecionado por nós, uma escrita para um elenco.

            Coreógrafos são pessoas que reúnem potencias e qualidades perceptivas, intuitivas, imaginação criativa, sensibilidade, capacidade de risco, gosto pelo inusitado, coragem e tantas outras qualidades.

            Essas qualidades e requisitos, porém, não são suficientes para uma carreira. Além de estar consciente da função de sua arte, o coreógrafo precisa também desenvolver o espírito de realização e pesquisa, a capacidade de selecionar, organizar, formatar e transbordar a sua criação, fazendo-a ressoar em seus expectadores, comunicando-se, transformando ou comungando sentimentos e idéias.

LOBO, Lenora, NAVAS, Cássia. Arte da Composição : Teatro do Movimento. 1ªed. Brasília: Editora LGE, 2008. p.25-26

About these ads
Esse post foi publicado em Textos dança. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Dança e a Composição Coreográfica

  1. maria eduarda disse:

    muito obragado! *-*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s